out
13
2014

DSCF6049

No próximo SÁBADO, iniciando as 21:00 horas, estaremos reunindo família forrozeira, no FORRÓ DO LOURO, em solidariedade a José Lessa, que  recentemente, em decorrência da diabetes,  amputou uma perna e está em processo de recuperação. Já confirmaram presença Tião Marcolino, Sandoval, Messias Lima, Louro do Forró, entre outros amigos forrozeiros que estarão animando essa noitada de muito forró.

 A campanha que vem sendo realizada, por iniciativa dos amigos forrozeiros, é destinada a compra de uma prótese para que José Lessa voltar a fazer uma das coisas que ele mais gosta, que é dançar forró.

Essa é mais uma demonstração do companheirismo que une a família forrozeira. Esse espírito de solidariedade entre os forrozeiros tem se evidenciado sempre que algum companheiro atravessa uma situação difícil, a exemplo de quando nosso amigo Fineza  sofreu um acidente de Moto, bem como, quando outro grande forrozeiro, Zé Moco, foi assaltado em sua residência.

Essas demonstrações de apresso, amizade e sensibilidade com o sofrimento do outro, é algo muito bonito, que não apenas emociona, mas nos motiva a seguir em frente, ciente de que não existe obstáculo que não possa ser vencido, quando se tem amigos dispostos a ajudar na travessia.

 Participe!

out
12
2014

Forró do Louro

Publicado por José Lessa
out
07
2014

Izais de Bonito – Recordando Lindú

Publicado por José Lessa

IIzaias de Bonito - Recordando Lindú - capa
Colaboração:

hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Izaias de Bonito - Recordando Lindú - capa versoIzaias de Bonito – Recordando Lindú
Produção Independente.

01. Lindú meu Professor (Izaias de Bonito – Reginaldo Silva)
02. Chama de Amor (Trio Nordestino)
03. Chapchap (Trio Nordestino)
04. Me Bote no Colo (Trio Nordestino)
05. Já Paguei pra Você Tocar (Trio Nordestino)
06. Pedindo Abrigo (Izaias de Bonito)
07. Forró da Chineleira (Edinaldo Silva)
08. Até Pegar o Sol com a Mão (Sebastião Silva)
09. Mulher Forrozeira (Edinalddo Silva)
10. ABC da Saudaqde (Izaias de Bonito)
11. Saudade de Rosinha (Heleno Ferreira)
12. Rosinha Indiferente (Trio Nordestino)
13. No Meio das Menina (Trio Nordestino)
14. Minha Musa (Edinaldo Silva – Izaias de Bonito)
15. Dois apaixonados (Izaias de Bonito)
16. Na Emenda (Trio Nordestino)
17. É Madrugada (Trio Nordestino)

Para baixar este CD.Clique aqui.

set
23
2014

download (1)

1931-2014

Infelizmente recebi um comunicado de sua filha, Sílvia Vieira de Assis, que seu pai, Durval Vieira, faleceu em São Paulo na última segunda, dia 22 de setembro. Durval foi um dos maiores compositores da história do Forró Pé de Serra, além de cantor Durval teve seus trabalhos gravados por: Clemilda, Edson Duarte, Jackson do Pandeiro, Joci Batista, João Gonçalves, Sandro Becker, Genival Lacerda entre outros artistas da chamada geração de ouro..

Enfim, poucos foram os artista que fizeram sucesso na História do Forró Pé de Serra, que pelo menos não tenha gravado uma de suas composições. Durval Vieira. teve suas composições ecoada por todos os recantos deste país

Nascido em Palmeira dos Índios.- AL, terra que também nos brindou com artistas geniais, como Jacinto Silva, Mané Baião, Carlos Moura, Irineu Nicácio, Belinho, Tinan Rodrigues, Naldo do Baião entre outros forrozeiros ,desta terra que podemos afirma que  tem o puro DNA  do forro brasileiro.,

Clemilda que viveu sua infância e adolescência, assim como Durval também na Princesa do Agreste, na mais recente homenagem prestado pelo sergipanos pela comemoração aos 50 anos de carreira  de Clemilda, Museu da Gente Sergipana, produziu um CD reunindo 18 sucessos regravados, 5 composições são de Durval Vieira.

Certa vez, conversando na porta da Casa de Forró do Louro, Edson Duarte comentava:  “Durval Vieira, compôs mais de 700 músicas e merece ser valorizado pois ele tem uma das mais extensas obra produzida e gravadas na História do Disco no Brasil”..

Brevemente, postaremos, melhores informações sobre sua obra musical, que, não tenho dúvidas, será imortal nos salões Brasil afora, ou aonde tocar o genuíno forró pé de serra, suas  composições sempre serão tocadas, pois Durval Vieira é patrimônio do povo brasileiro e representante das mais legitimas tradições das raízes nordestina.